Não conectei meu acelerador, e agora?

Acelerador

Desafio Morro do Vento

IMG_2170Mais um caneco!

Entre 1 de janeiro e 28 de fevereiro aconteceu em Picada Café, mais precisamente na belíssima rampa do Morro do Vento, o 1º desafio Morro do Vento que buscava o voo mais longo (em tempo voado) decolando do Morro do Vento.

No dia 16 de janeiro realizei o voo mais longo do Desafio, foram 3 horas e seis minutos de voo, conquistando o primeiro lugar!

Gostaria de parabenizar e agradecer aos Patrocinadores que apoiaram o evento com premiação em dinheiro, ao Morro do Vento pela iniciativa de promover o voo livre!

Meu agradecimento especial a NORDWEG pelo prêmio do 1º lugar!

Parabéns aos campeões e aos demais participantes!

Mais informações: Morro do Vento

DSC02648

Rio Grande do Sul em alta

O nível técnico dos pilotos do RS sempre foi muito bom, talvez por voar muitas vezes em condições fracas, mesmo voando e treinando pouco devido ao longo inverno na região sul do Brasil.

Desta vez 6 pilotos Gaúchos botaram vaga para representar o Brasil na primeira etapa do PWC – Copa do Mundo de Parapente.

 

Polotos do RS


Contamos com a torcida de todos! 

1º voo de 2016

Primeiro dia do ano, vento sul, uma fissura para voar, desci até Picada Café (cidade próxima a Nova Petrópolis) para conhecer a rampa do Morro do Vento (quadrante S), que é nova, e fazer um voo para começar o ano bem.DSC02461

Uma rampa nova mas já está gramada e com excelente infraestrutura, área coberta, mesas e bar, auto sustentável, vale a pena conferir!

Mais informações: Morro do Vento

DSC02465

Tive um pouco de dificuldade para decolar pois o vento estava leste apesar das birutas estarem infladas de frente. Um voo de 41 min. para começar minha participação no  DESAFIO MORRO DO VENTO.

DSC02470

DSC02473

Então deixo o convite a todos os pilotos para conhecer o Morro do Vento e participar do Desafio!

Bons voos!

 

2016

Feliz 2016

Feliz Natal!

Feliz

O vento

Creio que a maioria sabe que o vento é o ar em movimento. Uma massa de ar deslocando-se de uma área de alta pressão (tende a ser mais fria e mais estável) para uma área de baixa pressão (mais quente e mais instável). No meu último post passei uma série de sites úteis ao voo, agora quero deixar um site muito curioso que mostra ventos em camadas desde a superfície até 13.500 metros a altitude*

Clique na imagem e divirta-se! 

 

* ALTITUDE é do nível médio do mar até um certo ponto no acima dele,  ALTURA é de um ponto a outro.

TECNOLOGIA A SERVIÇO DO VOO LIVRE

O voo livre vem em uma evolução crescente, até hoje não parou de evoluir em termos de materiais, performance e diversão.Tecnologia

A tecnologia de eletrônicos, somada a internet coloca em suas mãos uma série de informações que com certeza podem fazer você voar melhor e com mais segurança.

São tantas as ferramentas que podem apoiar você antes mesmo de tirar os pés do chão, vamos ver algumas delas.

Sites de meteorologia: São muito importantes para avaliar e analisar a condição que vamos voar, ver direção do vento e sua intensidade, possibilidade de chuva, etc…

Eu costumo usar os seguintes sites:


REDEMET – rede de meteorologia utilizada na aviação, precisa e atualizada regularmente. Recomendo uma olhada em todo o site, tem muita coisa bacana.Redemet

WINDGURU – talvez um dos sites mais utilizados pelos pilotos. Fácil de visualizar vento, camadas de nuvens, precipitação entre outras informações.Windguru

INMET – um site muito completo, vale a pena dar uma estudada nele.Inmet

Sites para análise de rotas:

XC BRASIL meu logbook digital. Aqui registro todos meus meus voos, seja um prego ou um cross, com meu Flymaster LIVE envio os voos diretamente para o site através do integrado. No site ficam armazenados os tracks dos meus voos e todo o histórico de tempo de voo, quilometragem voada, velas voadas, etc… Veja AQUI o meu perfil.XCbrasil

THERMAL – um site que compila informações de tracks que são baixados em em sites como o XC BRASIL e fornece informações valiosas para seu estudo. Os pilotos baixam seus voos em sites como o citado acima e o sistema exibe os tracks reunidos, compila informações com coordena e ascendência e quando ele identifica que em um certo ponto os track´s gravaram ascendência ali, ele marca esse local com uma possível térmica residente por exemplo; ou mostra os locais de ascendência em vermelho, não deixe de analisar, é muito bacana!Thermal

XC PLANNER – Planeje suas rotas, triângulos FAI (o site já calcula sua pontuação FAI) salve os pontos e envie para seu GPS!XC planer

Agora é a vez de um dos meus favoritos,

XC SKIES – um site 2 em 1, serve para análise de meteorologia e análise de rotas, um site pago, mas que vale cada centavo do investimento! Confesso que sei usar muito pouco do que o site oferece, mas ajuda muito! Podemos ver o potencial térmico no sítio de voo, por hora e por altura, cobertura de nuvens, direção e intensidade de vento (em níveis) e horários. Projetar uma rota e ver a previsão ao longo da rota com previsão do horário, potencial térmico intensidade e direção do vento lá na frente. Ex: No seu sítio de voo você monta uma rota de 100 Km, na rampa, você vê o potencial térmico e vento ao meio dia para decolar, e às 14 h a 2.000 m você já pode ter uma ideia da previsão lá na frente, você já terá uma ideia se seu voo dará certo ou não e prever um plano B no meio do caminho se houver um mudança de vento por exemplo.XCskies

Outros sites com informações úteis:

FLYMASTER LIVE TRACK – os pilotos que possuem os modelos Flymaster com transmissão de voo por GPRS e estão com crédito em seu cartão SIM terão os voos transmitidos em tempo real pelo site enquanto voando em área de cobertura por antenas de celular, caso o piloto esteja em uma área sem cobertura de sinal assim que pegar sinal todo o track será transmitido para o site. Muito legal de acompanhar a galera voando (geralmente quando estamos em casa na chuva, é claro!)Flymaster

SPOT – penso que é um dos aparelhos mais importantes para que pratica esportes como o voo livre, proporciona transmissão de mensagens via satélite, inclusive mensagem de emergência para pessoas cadastradas em sua conta ou equipes de salvamento. Recomendo uma boa olhada no site e aquisição do equipamento, tem um custo anual para manter o sistema em operação mas vale a pena.Spot

 

ao vivo

CÂMERAS AO VIVO – no link segue um post anterior de câmeras ao vivo em algumas rampas.

Lembre-se que você é o comandante em sua aeronave, e que só você sabe de suas habilidades e limitações, não adianta você ver tudo que é informação e não conseguir assimilar e colocar em prática, eu acredito que algumas vezes informações de mais atrapalham!

Portanto, saiba filtrar informações e não queira dar uma passo maior que a perna.

Bons e seguros voos!

Guga

 

 

09/10/2015 = 513

As caras do recordeUm dia para ficar na história do voo livre mundial! Três brasileiros, no Brasil, batem o recorde mundial de parapente! Depois dos 460+ Km em 2007, hoje foi voando aproximadamente 515 Km (ainda a ser confirmado) no nordeste brasileiro, os pilotos Frank Brown, Donizete Lemos “Bigode” e Marcelo Prieto “Cecéu” bateram o até então recorde atual (505 Km) feito na África do Sul,  hoje foram voados  513 Km em 11 h e 20 min.

Resgatados pelo Mestre do resgate, Dioclécio Rosendo Filho, esses números e nomes entram para a história o voo livre mundial!

Parabéns a todos! E que venha o próximo recorde!

recorde

De olho no voo

Hoje com o auxílio da tecnologia podemos estar em casa sentado no sofá e voando com os amigos, mesmo que de forma virtual. Algumas rampas possuem câmeras transmitindo ao vivo como está o movimento na decolagem, aparelhos transmitem os tracklogs onde podemos torcer no cross dos amigos.

 

Confira abaixo algumas possibilidades de acompanhar.

ao vivoCâmeras ao vivo:

Clube de Voo Livre Ninho das Águias – Nova Petrópolis/RS

Clube de Voo Livre Tangará – Tangará/SC

Pico do Gavião – Andradas/MG

 

 

Tracklog:

Flymaster live

 

Boa diversão!